Prefeitura Municipal De Santa Rita - Paraíba

Início » Destaque » Santa Rita inicia estratégia para melhorar indicadores na educação básica
12/06/2017 10:56 - Atualizado em: 12/06/2017 10:56

Santa Rita inicia estratégia para melhorar indicadores na educação básica

A Prefeitura Municipal de Santa Rita, por meio da Secretaria de Educação, realizou na manhã desta sexta-feira (9) o I Seminário de Avaliação e Desenvolvimento da Aprendizagem do Sistema de Ensino do município. A iniciativa faz parte de uma estratégia para melhorar estatísticas negativas apresentadas pela Prova Brasil de 2015, cujos dados atestaram a fragilidade na área educacional e, dentre outras informações, apontou que apenas 8% de um universo de 768 alunos do 5º ano do ensino fundamental submetidos à prova de matemática demonstraram aprendizagem adequada.
A Prova Brasil é um instrumento do governo federal utilizado para avaliar o sistema de ensino das escolas, cidades e estados brasileiros e seu resultado é um dos componentes utilizados no cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) que, ao fazer uso de outros fatores na mensuração dos dados, define uma nota que pode ir de 0 a 10 para as escolas, cidades e estados.
A prova testa alunos do 5º e 9º ano do fundamental em duas áreas de conhecimento: em matemática é avaliada a capacidade de resolução de problemas matemáticos, e, em português, são imprescindíveis para uma boa nota a leitura e interpretação de textos.
“A Prova Brasil não é para definir a aprovação ou reprovação do aluno. Ela procura avaliar o aprendizado realizado ao longo da trajetória escolar do aluno, quando são avaliadas habilidades relativas aos anos anteriores ao que ele está matriculado e também aos posteriores. A última versão da prova em Santa Rita avaliou os alunos dos anos letivos de 2013 e 2014”, adiantou a secretária municipal de Educação, Edilene dos Santos.
Em Santa Rita, a Prova Brasil também evidenciou que, dos 768 alunos do 5º ano submetidos aos questionamentos de Português, 19% demonstraram aprendizagem adequada, o que corresponde a 143 pessoas que frequentaram as aulas nessa série, em 2013 e 2014.
Ainda no 5º ano, a situação pior foi amargada na prova de matemática, onde numa amostragem de 24 escolas, alunos de três delas conseguiram zerar o teste aplicado e mais de 50% estão com indicadores de até 10% que se sobressaíram.
A escala de pontuação também decai na avaliação dos alunos do 9º ano do ensino fundamental em Santa Rita nos anos de 2015 e 2016. Dos 336 avaliados em Português, 13% demonstraram aprendizagem adequada, e em Matemática apenas 4% foram exímios na resolução das quatro operações matemáticas.
Para melhorar esses indicadores, a gestão vem adotando medidas céleres e se antecipou ao que é recomendado pelo Ministério da Educação quando organizou um simulado no início do ano em preparação a versão da Prova Brasil, que acontecerá no segundo semestre deste ano.
Em cima dos indicadores negativos confirmados nesse simulado já está sendo desenvolvida uma Política de Avaliação da Aprendizagem por meio do Programa Soma – Pacto pela Aprendizagem na Paraíba, à qual o município aderiu em março deste ano e se constitui como uma ação estratégica para a melhoria dos indicadores educacionais das redes públicas.
A estratégia contempla a execução de um programa de formação permanente, a implantação do Sistema de Gestão da Informação (Saber), a distribuição de material didático para o ciclo de alfabetização e um cronograma de reforço pedagógico para os estudantes com menor rendimento escolar.
O público alvo dessa política ainda contempla a equipe técnica da secretaria, educadores, supervisores, gestores escolares, estudantes das séries avaliadas e mediadores do Programa Mais Educação das disciplinas de Português e Matemática.
Compareceram ao evento mais de 150 pessoas, entre técnicos da Secretaria Municipal de Educação, gestores, supervisores, educadores, psicólogos e psicopedagogos da Rede Municipal de Ensino.