Portal atualizado em: 31 de janeiro de 2023 às 15:47h

Agentes comunitários se engajam em campanha contra as hepatites virais

Início Agentes comunitários se engajam em campanha contra as hepatites virais

Agentes comunitários se engajam em campanha contra as hepatites virais

Autor: Assessoria

Agentes comunitários se engajam em campanha contra as hepatites virais

Como parte das ações que marcam a Semana de Luta contra as Hepatites Virais, a Secretaria de Saúde de Santa Rita promoveu um seminário com agentes comunitários de saúde sobre o papel desses profissionais no trabalho de combate à doença junto à comunidade. A médica infectologista Juliana Barbosa, do Complexo Hospitalar Clementino Fraga, foi a […]

25/07/2018 12h42 Atualizado há 5 anos atrás

Como parte das ações que marcam a Semana de Luta contra as Hepatites Virais, a Secretaria de Saúde de Santa Rita promoveu um seminário com agentes comunitários de saúde sobre o papel desses profissionais no trabalho de combate à doença junto à comunidade.

A médica infectologista Juliana Barbosa, do Complexo Hospitalar Clementino Fraga, foi a palestrante principal e destacou as questões de prevenção, diagnóstico e tratamento das hepatites (A, B, C, D e E) para os mais de 130 agentes participantes do evento, considerados multiplicadores de informação e elo entre a Secretaria de Saúde e os usuários.

“Precisamos trabalhar na prevenção, porque não queremos que o paciente seja infectado. Mas, uma vez identificada a doença, é necessário que aconteça o diagnóstico preciso e precoce, já que a hepatite não escolhe raça, sexo ou idade. E tratar adequadamente evitará que o paciente sofra complicações. Por isso, prevenção, diagnóstico e tratamento são fundamentais no processo de combate a todos os tipos de hepatite, que é silenciosa”, explicou a médica.

A realização de testes, como os que vêm sido intensificados em Santa Rita, realizados em todas as suas 39 equipes de Saúde da Família, é um fator que faz do município um destaque neste combate. “O engajamento da Secretaria de Saúde e seus profissionais nesta cidade é um diferencial que não encontramos em todos os municípios”, completou a infectologista, que ao final da sua palestra esclareceu dúvidas dos agentes sobre situações práticas vivenciadas diante dos usuários.

Por conta do Julho Amarelo, a Secretaria de Saúde está distribuindo material educativo nas unidades de saúde e pontos estratégicos, além de estar também realizando vacinação contra a hepatite B e testagem de hepatite B e C. A recomendação é que, mesmo sem apresentar sintomas, os usuários procurem um dos postos do município e façam o teste.