Portal atualizado em: 2 de dezembro de 2022 às 12:34h

Assistência Social realiza oficina para implantação do Plano Municipal Socioeducativo

Início Assistência Social realiza oficina para implantação do Plano Municipal Socioeducativo

Assistência Social realiza oficina para implantação do Plano Municipal Socioeducativo

Ação e TrabalhoCoronavírusSecretaria de Agricultura e AbastecimentoSecretaria de Assistência SocialSecretaria de Comunicação InstitucionalSecretaria de Cultura, Desporto, Turismo e LazerSecretaria de EducaçãoSecretaria de FinançasSecretaria de Infraestrutura, Obras e Serviços PúblicosSecretaria de Meio AmbienteCODEMADocumentos - CODEMAReuniões - CODEMALicenciamento AmbientalLicenciamentos SolicitadosSecretaria de Planejamento, Orçamento e Tecnologia da InformaçãoSecretaria de Políticas Públicas Para as MulheresSecretaria de SaúdeSuperintendência de Mobilidade Urbana

Autor: Assessoria

Assistência Social realiza oficina para implantação do Plano Municipal Socioeducativo

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Santa Rita, em parceria com a Coordenação Estadual do Sistema Nacional Socioeducativo, realizou na manhã desta quarta-feira (24), no auditório da Secretaria de Educação, a oficina de treinamento para a elaboração e implantação do Plano Municipal Socioeducativo e do Fortalecimento da Rede de Proteção da Criança e do […]

24/10/2018 12h14 Atualizado há 4 anos atrás

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Santa Rita, em parceria com a Coordenação Estadual do Sistema Nacional Socioeducativo, realizou na manhã desta quarta-feira (24), no auditório da Secretaria de Educação, a oficina de treinamento para a elaboração e implantação do Plano Municipal Socioeducativo e do Fortalecimento da Rede de Proteção da Criança e do Adolescente.

A oficina reuniu membros da equipe técnica da Secretaria de Assistência Social municipal, Juizado Especial, Promotoria e representantes de entidades ligadas à proteção e atendimento de crianças e adolescentes. Na ocasião, foi oficializado um plano conjunto com todos os responsáveis, para que medidas sejam executadas de modo articulado dentro do período sentenciado pelo Juizado Especial.

O intuito do evento foi treinar os técnicos para elaboração do Plano Municipal de Atendimento Socioeducativo, que envolve o acompanhamento a adolescentes que cometeram atos infracionais. Sentenciados pela 2ª Vara, eles são encaminhados ao Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS) para o cumprimento dessas medidas, seja para liberdade assistida ou para prestação de serviços à comunidade.

Diante do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE), é necessário que a cidade elabore seu plano municipal, a fim de que organize o seu sistema, criando uma rede com todas as políticas públicas que embasarão o cumprimento dessas medidas socioeducativas em que esses adolescentes estão inseridos. “Por isso a importância dessa oficina e da elaboração desse plano, pois representa a oficialização das responsabilidades para com o adolescente”, disse Cynthyia Maria Vasconcelos, advogada do SINASE-PB.