Portal atualizado em: 2 de dezembro de 2022 às 12:34h

Campanha da gripe chega à última semana

Início Campanha da gripe chega à última semana

Campanha da gripe chega à última semana

Ação e TrabalhoCoronavírusSecretaria de Agricultura e AbastecimentoSecretaria de Assistência SocialSecretaria de Comunicação InstitucionalSecretaria de Cultura, Desporto, Turismo e LazerSecretaria de EducaçãoSecretaria de FinançasSecretaria de Infraestrutura, Obras e Serviços PúblicosSecretaria de Meio AmbienteCODEMADocumentos - CODEMAReuniões - CODEMALicenciamento AmbientalLicenciamentos SolicitadosSecretaria de Planejamento, Orçamento e Tecnologia da InformaçãoSecretaria de Políticas Públicas Para as MulheresSecretaria de SaúdeSuperintendência de Mobilidade Urbana

Autor: Assessoria

Campanha da gripe chega à última semana

Esta é a última semana da campanha de vacinação contra a gripe, que acontece anualmente e abrange todo o país. Em Santa Rita, a Secretaria de Saúde tem intensificado o chamado para os grupos prioritários. Até agora, se vacinaram 62% dos 32.994 usuários que têm direito à imunização. A vacina continua disponível em todas as […]

27/05/2019 9h47 Atualizado há 4 anos atrás

Esta é a última semana da campanha de vacinação contra a gripe, que acontece anualmente e abrange todo o país. Em Santa Rita, a Secretaria de Saúde tem intensificado o chamado para os grupos prioritários. Até agora, se vacinaram 62% dos 32.994 usuários que têm direito à imunização.

A vacina continua disponível em todas as unidades de saúde da zona urbana e rural e o objetivo é atingir a meta de 90% dos usuários do grupo nesses últimos dias. “Infelizmente, as pessoas têm o costume de deixar para última hora. Mas, para que não percam o prazo, nossos agentes comunitários e profissionais da Atenção Básica têm reforçado o chamamento. A imunização é muito importante porque protege contra os principais vírus da gripe”, afirmou a secretária de Saúde Maria do Desterro.

O grupo prioritário é formado por pessoas com idade a partir de 60 anos, crianças entre seis meses e menores de seis anos, trabalhadores da área de saúde, professores da rede pública e privada, gestantes, puérperas, indígenas, pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.