CRAS realiza atividades alusivas ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

CRAS realiza atividades alusivas ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

A Secretaria de Assistência Social está realizando uma série de atividades alusivas ao “Setembro Amarelo” nos Centros de Referência da Assistência Social. Nesta terça-feira, 10 de Setembro, é celebrado o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Para tanto, foi promovido palestra educativa no CRAS Jardim Planalto, com o grupo de mulheres do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

O Setembro Amarelo é um campanha que tem como proposta conscientizar sobre o tema, com o objetivo de firmar o compromisso com a vida, alertando as possibilidades de prevenção dessa problemática.

Dezenas de mulheres participaram das ações alusivas ao dia, que contou com participação em palestra, roda de conversa, dinâmicas em grupo e também café da manhã oferecido pelo CRAS. Foram abordados e esclarecidos os tipos de transtornos que geralmente levam o indivíduo a cometer o fim da vida.

O suicídio é uma questão de saúde pública e precisa ser tratado com toda atenção devida. “É preciso romper os preconceitos, e isso só é possível com a disseminação da informação. Trabalhar o Setembro Amarelo é a melhor forma de se informar e tomar conhecimento que se pode pedir ajuda. Devemos olhar mais para si próprio e procurar mais qualidade de vida, para evitar chegar a transtornos que nos levem ao suicídio”, explicou a psicóloga Gabriele de Souza, do SCFV.

“Só quem passa é quem sabe a dor, e tentar o suicídio às vezes parece ser o remédio que se procura para acabar com ela. A falta de informação também é horrível, por isso é tão importante esse tipo de acompanhamento de hoje, pois é uma ajuda para nos resgatar”, desabafou Janaina da Silva, usuária do CRAS.

Ruth Silva, que já passou por depressão e pensou no suicídio como forma de cura, também prestou seu depoimento. “Estar participando desse momento é uma vitória para mim, que já passei por muitos problemas. Estar aqui hoje, junto com essas outras mulheres, e me informar, faz toda a diferença”, finalizou.

As atividades referentes à campanha irão continuar por todo o mês. em todos os CRAS de Santa Rita, com palestras, atividades e rodas de conversa.

Fechar Menu