Santa Rita incentiva tradição das juninas com o resgate do Festival Municipal

Santa Rita incentiva tradição das juninas com o resgate do Festival Municipal

O resgate da tradição e a valorização de uma das maiores manifestações populares da cultura nordestina é uma das prioridades da gestão municipal de Santa Rita. A cidade vem se destacando no cenário regional por sediar os maiores festivais de quadrilhas juninas do Nordeste.

Este ano de 2019 promete ser o ápice da realização, tendo em vista que, além do Municipal e do Paraibano, a cidade receberá o Nordestão de Quadrilhas Juninas, maior concurso do gênero da região Nordeste.

Mas para alcançar esta projeção, a Prefeitura vem investido e incentivado a cultura desde 2017, quando assumiu a nova gestão. Segundo lembra o presidente da Liga de Quadrilhas Juninas de Santa Rita (LIQUAJ-SR), Genilson Félix, a liga foi fundada em 2008 e o incentivo era escasso. Existiam apenas quatro grupos na cidade, em 2015 houve um pequeno crescimento para sete. Somente em 2017, na atual administração, houve diálogo e apoio. O resultado é que hoje são quinze grupos, sendo dez juninas de competição, três juninas infantis e dois grupos de cultura popular.

A iniciativa ajudou quadrilhas como a Raio do Sol, que retomou suas atividades em 2018 após quatorze anos inativa. Novos grupos também foram criados, a exemplo do Arraiá do Candeeiro e das juninas Forte Velho e Flor da Paixão. “2018 foi o auge para nós quadrilheiros, pois crescemos com o grande incentivo que recebemos da Prefeitura. Nunca existiu diálogo e apoio como esse. Santa Rita tem um celeiro de artistas, mas faltava incentivo para nossa cultura”, destacou Genilson.

O Festival Santa-ritense acontece dias 15 e 16 de junho, com a competição de dez juninas locais.. “Os grupos estão nos últimos detalhes, como a confecção dos figurinos e o ajuste da cenografia e das músicas. Apesar de ansiosos, estamos confiantes para apresentar um lindo espetáculo e preparados para disputar o campeonato paraibano e o nordestino”, completou.

A décima segunda edição do festival municipal acontece na Praça do Povo a partir das 19h. Uma grande estrutura foi montada no espaço de 22 mil metros quadrados, que vai abrigar palco, arquibancadas com capacidade para 12 mil pessoas, 150 barracas de comidas, bebidas e artesanato, parque de diversão e tendas com trios de forró pé de serra.

Fechar Menu