Portal atualizado em: 21 de outubro de 2021 às 22:23h

Educação faz balanço das ações no primeiro semestre em Santa Rita

Início Educação faz balanço das ações no primeiro semestre em Santa Rita

Ao longo deste primeiro semestre do ano letivo 2018, a Secretaria de Educação de Santa Rita avançou nos investimentos e na melhoria da rede municipal de ensino. A começar pela infraestrutura, cinco unidades foram completamente recuperadas. As escolas Flávio Maroja, em Tibiri II, a Egídio Madruga, em Marcos Moura, e a Padre João Félix, no Açude, passaram por reforma e já estão com obras concluídas. Também em Marcos Moura, foi reformada a creche Leonor Gomes de Melo, assim como a Lourdes Serejo, no bairro do Heitel Santiago.

As obras foram executadas prioritariamente nestas escolas e creches devido aos sérios problemas em suas estruturas, já que há muitos anos essas unidades não recebiam nenhuma intervenção física de manutenção.

Além da parte estrutural, a Educação municipal também tem investido na capacitação pedagógica. Implementando a Base Nacional Comum Curricular, aconteceu o I Encontro Pedagógico de Planejamento Curricular, que reuniu todos os professores da rede para discutir habilidades e competências a serem desenvolvidas da Educação Infantil até os anos finais do Ensino Fundamental. Também na área de capacitação, estão sendo promovidos cursos de capacitação para secretários escolares e para professores que atuam em sala de recursos.

Neste primeiro semestre, foi renovada ainda a parceria com o Instituto Alpargatas, que desenvolve nas escolas municipais de Santa Rita projetos que fortalecem práticas para melhoria da educação pública, através dos programas Aluno Nota 10, Professor Nota 10 e Gestão Nota 10. Estabeleceu-se também parceria para implantação do Programa Educacional de Resistência às Drogas e executado o Novo Mais Educação em 25 escolas, que prevê atividades complementares para melhoria do aprendizado em língua portuguesa e matemática.

Santa Rita também aderiu ao programa Educação Conectada, cujo objetivo é utilizar a tecnologia como estratégia pedagógica para atingir fins educacionais desejados, alcançando as metas do Plano Nacional Educacional e do Plano Municipal de Educação. Serão contempladas 40 escolas da zona urbana e rural, e os recursos já estão sendo repassados às unidades.

Compartilhar

Notícias Relacionadas