Portal atualizado em: 30 de setembro de 2022 às 10:51h

Procon de Santa Rita alerta consumidores sobre golpes nas redes sociais

Início Procon de Santa Rita alerta consumidores sobre golpes nas redes sociais

A venda de produtos por meio das redes sociais cresceu muito nos últimos anos, entretanto, criminosos também se aproveitam da plataforma para aplicar golpes, especialmente via anúncios em grupos, mensagens diretas e publicações em páginas falsas. O Procon de Santa Rita elaborou um guia com alertas aos consumidores sobre golpes que estão sendo aplicados virtualmente.

O superintendente do Procon SR, Helton Renê, explica que golpistas estão anunciando a venda de produtos nas plataformas com preços muito abaixo dos valores praticados no mercado e usando contas aparentemente legítimas, mas que na realidade são falsas.

Segundo Helton Renê, a orientação geral aos consumidores é que eles evitem fazer compras em perfis de pessoa física ou até mesmo empresas que não emitam notas fiscais, pessoas de fora do Estado, e principalmente aquelas que ofertam preços aparentemente vantajosos.

“Os golpistas geralmente em contato com as vítimas, pedem transferências via Pix para fazer reserva da compra e usam do atributo para confundir as pessoas. Porém, o produto nunca é entregue. Evite fazer transferências de valores sem antes checar os dados das pessoas que estão por trás da negociação”, explica o superintendente que ainda aconselhou os consumidores a dá preferência as compras com modalidades que possuem seguro nos pagamentos, tais como mercado pago, uol pago, Pay pall entre outros.

Helton explicou ainda que existem perfis de redes sociais que sequer possuem os preços dos produtos, o que fere normas que tratam do assunto, como a lei de precificação, e recentemente a lei do e-commerce, que obriga que lojas virtuais exibam preços e condições, bem como informações de custos de envio para os consumidores.

“Essas leis exigem dos fornecedores procedimentos para que seja garantida uma negociação saudável para os consumidores, porém as normas não podem proteger os consumidores que não estejam atentos e se arriscam em fazer uma relação de consumo com quem sequer sabe quem é ou tenha precedência. Na dúvida, o consumidor pode ir a um órgão de defesa e pedir orientação sobre determinados perfis. Todo cuidado é pouco”, finalizou.

Denúncias e atendimento – O PROCON de Santa Rita está localizado na Rua Senador José Américo de Almeida, nº 80 – Centro, e atende das 8h às 13h. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone: (83) 98654-7512.

Compartilhar

Notícias Relacionadas