Portal atualizado em: 7 de dezembro de 2021 às 22:45h

Lei Municipal nº 1.492/2012

Início Lei Municipal nº 1.492/2012

 

 

 

LEI Nº 1. 492/2012

 

 

 

MODIFICA DISPOSITIVOS DAS LEIS MUNICIPAIS 861/97 e 875/97 E ADOTA OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

 

 

O PREFEITO CONSTITUCIONAL DO MUNICÍPIO DE SANTA RITA, ESTADO DA PARAÍBA, faço saber que a Câmara de Vereadores aprovou e Eu sanciono a seguinte Lei:

 

Art.1º- Fica revogado o artigo 3º da lei 861/97, mantendo-se os direitos assegurados pelo art. 20 da lei 860/97, respeitando-se os interníveis salariais das classes previstas na tabela salarial constante do anexo II da Lei 860/97, conforme redação de origem.

Art.2º- O art. 39 da lei 875/97 passara a vigorar com a seguinte redação:

“Art.39-Salvo por imposição legal ou mandado judicial, nenhum desconto incidirá sobre a remuneração ou vencimento dos servidores públicos do município de Santa Rita, salvo se por expressa autorização do servidor, em favor de terceiros conveniados com a administração municipal, ficando a Administração obrigada a proceder o desconto autorizado.

§1º É dever do município de Santa Rita fazer o desconto dos valores dos sindicalizados, devidamente autorizado por estes, mediante os percentuais determinados nos respectivos estatutos.”

Art.3º- O Artigo 57 e parágrafos, da Lei 875/97 passam a vigorar com a seguinte redação:

“Art.57. Os servidores que trabalham com habitualidade em locais insalubres ou em contato permanente com substâncias tóxicas, radiativas ou com risco de vida, farão jus um adicional sobre o vencimento do cargo efetivo.

§1º O percentual de insalubridade será de 20% sobre os vencimentos básicos do servidor que a ele fizer jus.

§2º O percentual de periculosidade será de 15% sobre os vencimentos básicos dos servidores que a ele fizer jus.

§3º Fica assegurado o pagamento do adicional de periculosidade a todos os vigilantes municipais de Santa Rita, conforme percentual disposto no §2º deste artigo.

§4º O servidor que fizer jus aos adicionais de periculosidade e insalubridade deverá optar por um deles.

§5º O direito pelo adicional de periculosidade e insalubridade cessará com a eliminação das condições ou riscos que deram causa a sua concessão.

§6º A servidora gestante ou lactante, será afastada, enquanto durar a gestação e a lactação, das operações e locais previstos neste artigo, exercendo suas atividades em local salubre e em serviço não perigoso.”

Art.4º- O Artigo 76 da Lei 875/97 passará a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 76 da Lei 875: É assegurado ao servidor o direito à licença para desempenho de mandato em confederação, federação, associação de servidor público e sindicatos representantes de categorias, sem prejuízo de seu cargo efetivo.

§1º Caberá ao município disponibilizar para as instituições acima citadas, no mínimo 1 servidor para cada 300 servidores filiados, ficando a critério da conveniência municipal disponibilizar servidores para as instituições que não possuírem o número mínimo de 300 filiados.

§2º A licença tratada neste artigo terá a mesma duração do mandato para o qual o servidor for eleito, nos termos dos respectivos estatutos.

Art.5°. O   horário de trabalho dos servidores públicos de todas as repartições municipais será de 06(seis) horas corridas.

Art.6º- Esta Lei entra em vigor na data de sua Publicação, revogando as disposições em contrário.

 

Santa Rita, 10 de dezembro de 2012.

 

Marcus Odilon Ribeiro Coutinho

Prefeito Constitucional

Compartilhar

Notícias Relacionadas