TRILHA DOS POTIGUARAS: Forte Velho é destaque em matéria do Ministério do Turismo

TRILHA DOS POTIGUARAS: Forte Velho é destaque em matéria do Ministério do Turismo

Destaque nacional em matéria do Ministério do Turismo, Forte Velho, situado no estuário do Rio Paraíba, em Santa Rita, está na rota da Trilha dos Potiguaras ao lado das praias de Barra de Camaratuba, Barra de Mamanguape e Baía da Traição.

A região faz parte do novo mapa turístico, com previsão de lançamento ainda no primeiro semestre, do Ministério do Turismo – que define as regiões turísticas do Brasil aptas a receber mais investimentos para melhoria de infraestrutura e qualificação do atendimento ao visitante, diz a publicação.

Importante no cenário político estadual, o Distrito de Forte velho é considerado uma das portas de entrada da Paraíba, desde a sua colonização, no Século XVI. Segundo núcleo de povoamento mais antigo do Estado, foi erguido em Santa Rita, ainda em 1580, o primeiro forte da região, o Forte de São Felipe e São Tiago, e o Mirante do Atalaia (ou Forte Velho), que servia como ponto de observação dos portugueses para identificarem possíveis piratas franceses em busca de pau brasil.

Além do Mirante do Atalaia, Forte Velho ainda conta com rico arquipélago de ilhas, como as Ilhas Tirirí, Stuart, Andorinhas, além da Ilha da Restinga, verdadeiro patrimônio natural do povo de Santa Rita.

Com grande potencial turístico, Forte Velho, tem recebido atenção especial da Prefeitura de Santa Rita, através do Departamento de Turismo da Secretaria Municipal de Cultura, Desporto, Turismo e Lazer, em investimentos na capacitação voltada para o atendimento turístico na localidade.

Recentemente, foi oferecida a capacitação “Excelência em atendimento no turismo, Marketing turístico e Condutor local de Turismo” aos profissionais locais. Também participam das capacitações, os municípios que integrantes da Trilha dos Potiguaras: além de Santa Rita, Marcação, Mataraca, Lucena, Rio Tinto e Baia da Traição.

Na região com 66 quilômetros de área protegida de remanescentes de Mata Atlântica viviam tribos indígenas dos Potiguaras, que datam de 1.501. O local abriga hoje 32 aldeias e mais de 20 mil representantes da etnia, além de seis belas praias para desfrutar, diz a matéria do MTur.

“Santa Rita esteve fora do cenário turístico nos últimos dois anos. O município, por estar inserido em alguns planos e projetos do Ministério do Turismo, por ser um município potencialmente viável, necessitava retomar o seu caminho. E o projeto Trilha dos Potiguaras surgiu em momento oportuno. Quando assumimos a Secdtur, com o apoio do gestor municipal, fomos em busca do tempo perdido e agora estamos avançando. O plano piloto no nosso caso é Forte Velho pelo seu potencial, histórico, ambiental e cultural. Os Potiguaras habitavam em nossas terras (F.V.) quando da chegada dos espanhóis para a implantação da Capitania da Paraíba. A Diretoria de Turismo, não tem medido esforços no sentido de transformar esse magnifico potencial em geração de emprego, renda e inclusão social”, ressaltou o Diretor de Turismo do município de Santa Rita, Marcelo Gomes.

 

images 1 - TRILHA DOS POTIGUARAS: Forte Velho é destaque em matéria do Ministério do Turismo

Fechar Menu