Portal atualizado em: 22 de outubro de 2021 às 12:22h

Prefeitura discute projeto para viabilizar escavação no Mirante do Atalaia

Início Prefeitura discute projeto para viabilizar escavação no Mirante do Atalaia

Com o objetivo de dar visibilidade ao Mirante do Atalaia, um dos equipamentos históricos mais importantes do Brasil e que fica localizado no distrito de Forte Velho, em Santa Rita, a Prefeitura se reuniu com profissionais ligados ao turismo histórico e cultural para viabilizar um projeto de escavação no mirante.

O projeto está sendo desenvolvido pelo professor de História e Arqueologia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Juvandi de Souza, junto com o historiador e jornalista Thomas Bruno de Oliveira e com a Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo da Paraíba (ABRAJET-PB). A proposta é fazer escavações no equipamento turístico para evidenciar a cultura material dos indivíduos que construíram e que viveram no entorno dessa estrutura militar.

A Prefeitura de Santa Rita já assegurou dar todo o suporte para a execução. A partir de agora, o projeto seguirá para o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) para que a pesquisa seja iniciada e pesquisadores, historiadores, antropólogos e arqueólogos possam fazer suas observações.

“A partir desse projeto, vamos escavar e evidenciar todo material que foi usado pelos colonizadores, portugueses e espanhóis, e contribuir para maior conhecimento dessa estrutura militar que é tão importante para a história de toda Paraíba”, explicou Juvandi de Souza.

“Queremos dar visibilidade ao Mirante do Atalaia para que ele seja reconhecido, e não apenas pelos paraibanos. A iniciativa vai impulsionar o turismo histórico e cultural desta região tão bela que possuímos”, afirmou a jornalista Messina Palmeira, presidente da ABRAJET-PB.

O Mirante do Atalaia é uma estrutura militar construída em 1580 pelos portugueses no período do Brasil Colônia, que servia como ponto de observação para identificação de possíveis piratas franceses em busca de pau brasil.
Atualmente a estrutura é tombada pelo Patrimônio Histórico e é tida como um dos equipamentos históricos mais importantes do Brasil. A região na qual o mirante fica localizado, no estuário do rio Paraíba, é de excelente potencial turístico, histórico, natural e cultural.

 

Compartilhar

Notícias Relacionadas