Portal atualizado em: 30 de setembro de 2022 às 10:51h

Procon de Santa Rita faz alerta sobre golpes por meio de transações realizadas por PIX

Início Procon de Santa Rita faz alerta sobre golpes por meio de transações realizadas por PIX

O Procon de Santa Rita orienta os consumidores sobre os cuidados necessários para não se tornar mais uma vítima de golpes por meio de transações realizadas por PIX. A modalidade de pagamento tem se tornado uma ferramenta usual na rotina dos consumidores, para compras, transferências, pagamentos e substituição dos boletos, porém, precauções devem ser adotadas para não se tornar um transtorno já que os benefícios da transferência instantânea têm atraído a atenção de golpistas.  

De acordo com o superintendente do Procon de Santa Rita, Helton Renê, a população em geral têm recebido mensagens de criminosos via e-mail, SMS e até Call Center que se passam por atendentes de bancos para simular o cadastramento de chaves PIX e aplicar golpes. “Ao clicar no link, a vítima acaba sendo encaminhada para sites falsos onde incluem dados pessoais, posteriormente utilizados para aplicação de golpes. Esses tipos de fraudes já aconteciam e infelizmente se intensificaram com a ferramenta PIX pela facilidade de receber transferências instantâneas”, disse.

O superintendente do Procon SR orienta ainda a população em geral para evitar clicar em links suspeitos ao afirmar que a ferramenta PIX é segura,  porém, é necessário adotar medidas de prevenção, como por exemplo, a modalidade de chave aleatória, já que ela não contém dados pessoais e dificulta a ação de golpistas.

“O Procon SR lembra que o cadastro da chave PIX só deve ser feito diretamente no aplicativo do banco, por meio da escolha de chave aleatória, CPF ou CNPJ, número de celular ou e-mail. Nunca por meio de links enviados por mensagens ou telefone. Observando essas dicas, a possibilidade de cair em golpes diminui significativamente”, orienta Helton Renê.

OUTRAS DICAS DO PROCON DE SANTA RITA:

– Antes de concluir a transferência, verifique se o nome é realmente da pessoa para quem pretende enviar valores. É possível que, por causa de alteração por vírus ou QR Code adulterado, a transferência seja encaminhada para outra pessoa. Por isso, é importante confirmar o destino;

– O Procon alerta também para o golpe do comprovante agendado. Alguns criminosos enviam o comprovante para o WhatsApp da pessoa afirmando que efetivaram uma transferência errada, e o comprovante encaminhado é apenas de agendamento. A pessoa não confere o crédito em conta, e efetiva de boa fé o estorno do dinheiro, para a chave informada pelo golpista;

– Por meio da clonagem do celular, que pode ser feita pelo acesso a um link indevido, os criminosos têm acesso aos contatos e se passam pelo proprietário do aparelho, solicitam empréstimos para amigos;

– Ao efetuar pagamentos por QR Code, observe com atenção os dados do destinatário do dinheiro, para ter certeza de quem está recebendo o valor enviado.

DEVOLUÇÃO DO PIX:

– Caso tenha caído em um golpe, faça imediatamente o boletim de ocorrência. Em seguida informe a agência bancária para que se inicie a tratativa junto ao banco do usuário pagador. No caso de transferências equivocadas, os recursos poderão ser devolvidos pelo usuário recebedor com a função que já existia anteriormente.

DÚVIDAS E ORIENTAÇÕES:

– Em caso de golpes via PIX, procure seu banco e registre um boletim de ocorrência. Dúvidas e orientações podem ser tiradas no Procon de Santa Rita que fica localizado na Rua Senador José Américo de Almeida, nº 80 – Centro, e atende das 8h às 13h, ou pelo telefone (83) 98654-7512.

Compartilhar

Notícias Relacionadas