Portal atualizado em: 2 de dezembro de 2022 às 12:34h

PROCON/SR orienta consumidores sobre cadastro no site “Não perturbe”, da ANATEL

Início PROCON/SR orienta consumidores sobre cadastro no site “Não perturbe”, da ANATEL

PROCON/SR orienta consumidores sobre cadastro no site “Não perturbe”, da ANATEL

Ação e TrabalhoCoronavírusSecretaria de Agricultura e AbastecimentoSecretaria de Assistência SocialSecretaria de Comunicação InstitucionalSecretaria de Cultura, Desporto, Turismo e LazerSecretaria de EducaçãoSecretaria de FinançasSecretaria de Infraestrutura, Obras e Serviços PúblicosSecretaria de Meio AmbienteCODEMADocumentos - CODEMAReuniões - CODEMALicenciamento AmbientalLicenciamentos SolicitadosSecretaria de Planejamento, Orçamento e Tecnologia da InformaçãoSecretaria de Políticas Públicas Para as MulheresSecretaria de SaúdeSuperintendência de Mobilidade Urbana

Autor: Assessoria

PROCON/SR orienta consumidores sobre cadastro no site “Não perturbe”, da ANATEL

Os consumidores agora contam com uma ferramenta importante para inibir ligações indesejadas das empresas, uma vez que já está disponível a plataforma “Não perturbe”, da ANATEL. O superintendente do PROCON/SR, Rafael Monteiro, listou o passo a passo de como o consumidor deverá proceder para combater as indesejáveis ligações. “Primeiramente, o consumidor deve se cadastrar na […]

19/07/2019 8h06 Atualizado há 3 anos atrás

Os consumidores agora contam com uma ferramenta importante para inibir ligações indesejadas das empresas, uma vez que já está disponível a plataforma “Não perturbe”, da ANATEL.

O superintendente do PROCON/SR, Rafael Monteiro, listou o passo a passo de como o consumidor deverá proceder para combater as indesejáveis ligações.

“Primeiramente, o consumidor deve se cadastrar na plataforma, informando o nome completo, CPF e e-mail, além de criar uma senha de acesso. Logo após, na página inicial, o consumidor deve clicar no ícone “Cadastro”, e em seguida selecionar a opção “Solicitar bloqueio”. Por último, basta informar o número de telefone”, explicou.

A suspensão das chamadas pelas empresas de telecomunicações ocorrerá em até 30 dias, a partir da data de realização do cadastramento.