Portal atualizado em: 2 de dezembro de 2022 às 12:34h

Procon-SR se reúne com bancos para assuntos de defesa do consumidor

Início Procon-SR se reúne com bancos para assuntos de defesa do consumidor

Procon-SR se reúne com bancos para assuntos de defesa do consumidor

Ação e TrabalhoCoronavírusSecretaria de Agricultura e AbastecimentoSecretaria de Assistência SocialSecretaria de Comunicação InstitucionalSecretaria de Cultura, Desporto, Turismo e LazerSecretaria de EducaçãoSecretaria de FinançasSecretaria de Infraestrutura, Obras e Serviços PúblicosSecretaria de Meio AmbienteCODEMADocumentos - CODEMAReuniões - CODEMALicenciamento AmbientalLicenciamentos SolicitadosSecretaria de Planejamento, Orçamento e Tecnologia da InformaçãoSecretaria de Políticas Públicas Para as MulheresSecretaria de SaúdeSuperintendência de Mobilidade Urbana

Autor: Assessoria

Procon-SR se reúne com bancos para assuntos de defesa do consumidor

A superintendência do Procon-SR se reuniu nesta quarta-feira (13) com representantes de instituições bancárias instaladas em Santa Rita a fim de discutir melhorias para os consumidores. A reunião foi presidida por Rafael Monteiro, superintendente do órgão municipal, e teve a presença de Flauberto Lucena, do Banco do Nordeste, e Márcio Gonçalves, do Bradesco. O Banco […]

13/03/2019 12h42 Atualizado há 4 anos atrás

A superintendência do Procon-SR se reuniu nesta quarta-feira (13) com representantes de instituições bancárias instaladas em Santa Rita a fim de discutir melhorias para os consumidores. A reunião foi presidida por Rafael Monteiro, superintendente do órgão municipal, e teve a presença de Flauberto Lucena, do Banco do Nordeste, e Márcio Gonçalves, do Bradesco. O Banco do Brasil e a Caixa Econômica não enviaram seus representantes.

Na pauta, foi tratado sobre a questão de afixação de cartazes informativos sobre o tempo de espera na fila dos bancos. A Lei 9.426/2011 determina o prazo de até 20 minutos em dias comuns, 30 minutos em dias de pagamento de funcionários públicos municipais, estaduais e federais, e de 35 minutos em dias atípicos, como véspera e dia seguinte de feriados.

De acordo com Rafael Monteiro, além da informação e cumprimento sobre o tempo de atendimento, o encontro serviu para assegurar o bom relacionamento entre o órgão e as instituições bancárias.