Portal atualizado em: 30 de setembro de 2022 às 10:51h

Produção de tilápia em Santa Rita: criadores apontam um crescimento expressivo

Início Produção de tilápia em Santa Rita: criadores apontam um crescimento expressivo

A Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (SEAPPA) vêm apoiando os criadores de tilápia de Santa Rita. O pescado, considerado o melhor do país está apresentando indicadores socioeconômicos positivos.

A modalidade de criação de tilápia cresceu muito nos últimos anos e está movimentando uma parte importante da economia do país.  De olho nesse crescente mercado consumidor, a produção de tilápias atrai cada vez mais criadores por todo o Brasil que são beneficiados pelo constante melhoramento genético proporcionando, por exemplo, maior rendimento do filé.

Os psicultores de Santa Rita recebem apoio da SEAPPA que atua em parceria com a Universidade Federal da Paraíba, que oferta equipe técnica para dar suporte e ensinar mais sobre a produção da tilápia.

O Secretário da SEAPPA, enfatiza o crescimento significativo do número final das toneladas do pescado “no último ano, foram produzidas 200 toneladas da espécie, ao contrário de outros anos, que eram apenas 4 toneladas”, declarou.

“Esse potencial todo que a gente tem, pode nos conduzir para um futuro próspero com a produção, beneficiamento a comercialização dessas atividades”, enalteceu.

Diante deste crescimento e para valorizar ainda mais a piscicultura, a Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (SEAPPA), em parceria com o Departamento de Sistemática e Ecologia da UFPB e a Associação dos Piscicultores Familiares de Santa Rita, irá realizar o Curso de Produção de Tilápia, que será iniciado no próximo sábado, 27 de agosto. O curso tem a finalidade de capacitar agricultores para que eles implementem a piscicultura como mais uma fonte de renda.

As inscrições ficam abertas até o próximo dia 25, com vagas limitadas, e devem ser realizadas na Secretaria de Agricultura através dos telefones: 83 98729-4981 / 9 8212-9055 falar com Kaline, ou 9 9622-4153 falar com João Evangelista.

Compartilhar

Notícias Relacionadas