Portal atualizado em: 2 de dezembro de 2022 às 12:34h

Público com 36+ já pode se vacinar em Santa Rita

Início Público com 36+ já pode se vacinar em Santa Rita

Público com 36+ já pode se vacinar em Santa Rita

Ação e TrabalhoCoronavírusSecretaria de Agricultura e AbastecimentoSecretaria de Assistência SocialSecretaria de Comunicação InstitucionalSecretaria de Cultura, Desporto, Turismo e LazerSecretaria de EducaçãoSecretaria de FinançasSecretaria de Infraestrutura, Obras e Serviços PúblicosSecretaria de Meio AmbienteCODEMADocumentos - CODEMAReuniões - CODEMALicenciamento AmbientalLicenciamentos SolicitadosSecretaria de Planejamento, Orçamento e Tecnologia da InformaçãoSecretaria de Políticas Públicas Para as MulheresSecretaria de SaúdeSuperintendência de Mobilidade Urbana

Autor: Assessoria

Público com 36+ já pode se vacinar em Santa Rita

A vacinação contra a Covid-19, em Santa Rita, segue avançando em números e em faixa etária do público em geral. Já nesta sexta-feira (09), começam a se vacinar pessoas com idade a partir de 36 anos, além dos grupos prioritários previstos anteriormente. O município conta com oito pontos fixos para a imunização, mas a Secretaria […]

08/07/2021 20h11 Atualizado há 1 ano atrás

A vacinação contra a Covid-19, em Santa Rita, segue avançando em números e em faixa etária do público em geral. Já nesta sexta-feira (09), começam a se vacinar pessoas com idade a partir de 36 anos, além dos grupos prioritários previstos anteriormente.

O município conta com oito pontos fixos para a imunização, mas a Secretaria de Saúde vem realizando vacinação itinerante, especialmente na zona rural, para ampliar o atendimento. A intenção é facilitar o acesso dos usuários assim como conscientizar sobre a importância de se imunizar.

As equipes têm ido até as residências fazendo a convocação. Já o prefeito Emerson Panta vai além: utiliza o carro de som e segue pelas ruas alertando sobre a importância da vacinação, fazendo o chamamento daqueles que pertencem aos grupos que já podem receber o imunizante.

O gestor também tem chamado a atenção sobre a observância do prazo da segunda dose. Muitos usuários estão desatentos à data prevista para a dose complementar e acabam esquecendo, e para que a imunização seja completa é necessário completar o ciclo.