Portal atualizado em: 18 de outubro de 2021 às 23:35h

Santa Rita inicia vacinação de trabalhadores da Saúde

Início Santa Rita inicia vacinação de trabalhadores da Saúde

As primeiras vacinas CoronaVac chegaram a Santa Rita e a Secretaria de Saúde do município deu início à execução do plano de vacinação. Foram recebidas 1.796 doses, a serem aplicadas em trabalhadores da Saúde e pessoas residentes em instituições de longa permanência. Este total será dividido para as duas doses que precisam ser aplicadas em um intervalo de 28 dias.

Como a primeira remessa repassada para os municípios ainda é insuficiente à demanda total dos grupos previstos pelo governo federal nesta fase, a secretaria municipal vai priorizar a imunização de todos os 211 idosos institucionalizados em abrigos e dos profissionais que atuam na linha de frente de combate ao coronavírus.

O plano prevê a expansão do atendimento aos idosos à medida que mais doses sejam liberadas pelo Ministério da Saúde. “Por enquanto, teremos que ser estratégicos. Como não será possível imunizar todos do grupo desta primeira fase de uma vez, é justo que os profissionais de saúde, que lidam com a exposição ao vírus diariamente, recebam logo a vacina”, afirma Luciano Carneiro.

Estão incluídas ainda nesta primeira fase como prioritárias as pessoas com 80 anos ou mais, seguido de pessoas de 75 a 79 anos, completando o grupo junto com os institucionalizados e os trabalhadores da saúde. No caso dos profissionais, a vacinação acontecerá no próprio local de trabalho. Em relação aos idosos, a secretaria municipal elaborou um plano semelhante ao executado durante a vacinação da influenza, quando as equipes de Santa Rita realizaram a imunização em domicílio.

Carneiro lembra que a iniciativa do município foi pioneira e contribuiu para a segurança sanitária dessas pessoas com idade mais avançada, que não precisaram se deslocar até as unidades de saúde para serem imunizados na época. “Agora, com a vacinação da covid, manteremos o plano e atenderemos a todos os idosos com idade prevista para receber a vacina. E orientamos que aguardem em suas casas, até que possamos iniciar a imunização”, destacou.

Compartilhar

Notícias Relacionadas