Portal atualizado em: 31 de janeiro de 2023 às 15:47h

Santa Rita: um passeio pelo turismo e sua história

Início Santa Rita: um passeio pelo turismo e sua história

Santa Rita: um passeio pelo turismo e sua história

Autor: Assessoria

Santa Rita: um passeio pelo turismo e sua história

O município de Santa Rita, situado na região metropolitana de João Pessoa, é rico em estrutura histórica e em pontos turísticos. Santa Rita possui paisagens surpreendentes e visitadas por turistas interessados em conhecer o acervo histórico e natural da cidade. No verão, os pontos turísticos tornam-se ainda mais frequentados, a exemplo do Balneário das Águas […]

23/01/2023 10h24 Atualizado há 1 dia atrás

O município de Santa Rita, situado na região metropolitana de João Pessoa, é rico em estrutura histórica e em pontos turísticos. Santa Rita possui paisagens surpreendentes e visitadas por turistas interessados em conhecer o acervo histórico e natural da cidade.

No verão, os pontos turísticos tornam-se ainda mais frequentados, a exemplo do Balneário das Águas Minerais, popularmente conhecido como Açude de Santa Rita. No local, milhares de pessoas desfrutam das águas calmas e doces, além de aquecer o comércio local.

Conhecida por ser uma cidade tranquila e com custo de vida acessível, Santa Rita guarda um povo caloroso e hospitaleiro e atrações que dão a população a oportunidade de não precisar se deslocar a outros municípios para aproveitarem os momentos de lazer.

Dentro de Santa Rita, o distrito de Forte Velho garante um verdadeiro espetáculo da natureza. O verde das árvores que circulam a água doce do Rio Paraíba, promove um visual de tirar o fôlego. E é em Forte Velho que está o Mirante do Atalaia, localizado no alto de uma colina que servia como oratório e observatório na defesa das terras no entorno do estuário, entre os rios e o mar.

Ainda em Forte Velho, a pesca garante a fonte de renda de muitos populares. É da pesca também que os deliciosos pratos caminham das cozinhas cheias de capricho, até as mesas dos clientes que desfrutam de uma bela refeição enquanto admiram o visual que só Santa Rita tem.

Visite também: Praça do Chafariz, Praça da Criança irmã Antonietta, a Capela do antigo Engenho Una, que se chama Engenho Nossa Senhora do Patrocínio hoje em dia, a Igreja de Nossa Senhora das Batalhas e a Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Santuário Santa Rita de Cássia – A capela, em Santa Rita, teve sua construção inicial em 1776, com as primeiras edificações de pedra e cal, na cidade. A obra, segundo registros históricos, ficou sob a responsabilidade dos frades capuchinhos.

A transformação da capela na atual Igreja Matriz de Santa Rita de Cássia, na praça Getúlio Vargas, tem o ano de 1920 como referência. Quando, então, a cidade de Santa Rita completava 81 anos de sua transformação em Freguesia (1839).

Hoje, o prédio da Igreja Matriz, transformada em Santuário, é exemplo de beleza e majestade, destacando-se como obra marcante no centro urbano, entre as que deram origem à cidade de Santa Rita.

Festa da Padroeira Santa Rita de Cássia – A Festa da Padroeira Santa Rita de Cássia é uma tradição cultural da cidade e da região metropolitana de João Pessoa que ocorre entre os dias 22 e 25 de maio. São quase dois séculos e meio de homenagens, onde é mantida a tradição regional. São realizadas novenas, missas e celebrações, além de momentos de diversão e lazer para a população.

Passeio Histórico – Além de ser o segundo núcleo de povoamento mais antigo do estado, Santa Rita é também pioneira em questão de segurança e economia, tendo chegado a quase 30 engenhos de açúcar, perdendo apenas para Pernambuco no Nordeste.

Ainda em questão de economia, foi a primeira cidade paraibana a receber instalação fabril.

Trata- se da Companhia de Tecidos Tibiri (CTP), inaugurada em 1892 onde hoje fica a Praça do Povo que na época ofereceu 260 empregos diretos, criou a Vila Operária e atraiu gente de todas cidades e estados vizinhos em busca de emprego, contribuindo para o crescimento da cidade e o surgimento dos bairros da Santa Cruz, Popular e outros.  O primeiro nome dado ao lugarejo foi Cumbe (palavra de dialeto banto, de Angola, que significa pequeno povoado ou povoado distante) que era um engenho que posteriormente comprado, seu proprietário, devoto de Santa Rita de Cássia, mudou seu nome para Usina Santa Rita, ainda no século XVIII, quando a santa nem havia sido canonizada.

Em 1776, os Capuchinhos construíram na Praça Central a Igreja Matriz de Santa Rita.

Era uma igreja para a elite branca.

Em 1851, a Irmandade dos Pardos construíram a Igreja da Conceição e os pretos livres construíram a Igreja do Rosário onde hoje fica o Grupo Escolar João Úrsulo.

Santa Rita passou pela condição de engenho, vila, freguesia, paróquia e finalmente foi emancipada em 19 de março de 1890, um ano após a proclamação da República brasileira.

Curiosidades

Na comunidade Forte Velho existe também um grupo de Coco de Roda com mais de 150 anos de tradição, passando de geração pra geração, que faz parte da enciclopédia do folclore brasileiro como um Coco de estilo próprio, o Coco de Forte Velho. Se você gostar de dançar, tem que passar lá!

Santa Rita possui 726 km² de área. O resultado disso é uma área rural grande, além de muita natureza ainda intocada ou, pelo menos, bem conservada, com colinas, cavernas e vales profundos parecidos com cânions e cobertos por uma vegetação densa. Exemplo disso é a Reserva Particular do Patrimônio Natural Engenho Gargaú, um dos maiores fragmentos da Mata Atlântica no Nordeste, onde vivem três espécies de primatas, inúmeras aves e muitos outros animais.

São João de Santa Rita – As edições do São João de Santa Rita são um verdadeiro marco no estado. Carregando o título de Capital das Juninas, Santa Rita também promove um verdadeiro espetáculo com a escolha das atrações e sua estrutura organizacional e de segurança nos eventos. A edição 2022 reuniu grandes nomes da música, entre artistas locais e nacionais a exemplo de Bruno e Marrone, Tarcísio do Acordeon e muito mais.

Natal Solidário – Assim como o São João, o Natal Solidário fez história, arrecadando toneladas de alimentos, tornando o final de ano de milhares de famílias mais digno.

 

Fonte:

https://paraondeir.blog/matriz-de-santa-rita-de-cassia/

https://www.paraibacriativa.com.br/artista/festa-da-padroeira-de-santa-rita/

https://climaonline.com.br/santa-rita-pb/historia-da-cidade