Portal atualizado em: 30 de novembro de 2022 às 0:21h

Sinalização no trânsito: Prefeitura realiza investimentos para garantir mais segurança para motoristas e pedestres

Início Sinalização no trânsito: Prefeitura realiza investimentos para garantir mais segurança para motoristas e pedestres

A Prefeitura Municipal de Santa Rita realizou a instalação de diversas placas de sinalização de trânsito, em vários trechos da cidade, no último ano. A iniciativa representa um investimento de R$400 mil para colocação de mais de mil placas na Zona Rural e Urbana, permitindo, desta forma, uma maior segurança para pedestres e motoristas.

O serviço, realizado por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (SEMOB), também solicitou a construção de lombadas e faixas elevadas espalhadas pelo centro e também pelos bairros circunvizinhos. Além da instalação de semáforos, sendo um no bairro de Tibiri II, na junção da Avenida Campina Grande com a Avenida Milton Cabral e outro em Várzea Nova, na Travessa Av. Thirso Furtado com Rua Juarez Távora.

Três tipos de placas foram destinados as principais ruas da cidade, sendo elas: 120 placas indicativas, 600 placas de regulamentação e 280 placas de advertência, que passam por manutenções constantes para garantir a boa preservação do material. As sinalizações estão em toda extensão dos seguintes bairros: Tibiri II, Várzea Nova, Alto das Populares, Tibiri Fábrica, Naelson Panta Jr., Marcos Moura, Heitel Santiago, Centro de Santa Rita e na zona rural (Bebelândia, Livramento, Forte Velho, Lerolândia, Odilândia e Cicerolândia).

O trabalho da Secretaria de Mobilidade Urbana, em parceria com a Prefeitura de Santa Rita, proporciona uma melhor orientação dos condutores, garantindo assim mais informação e um deslocamento seguro e organizado de pedestres e veículos.

De acordo com o Coronel Moraes, superintendente da SEMOB, realizar um trabalho que leva segurança a população é uma grande felicidade e satisfação. “As lombadas foram feitas para oferecer segurança aos usuários que precisam atravessar as ruas de grande movimento da cidade. Já as nossas placas foram instaladas de maneira estratégica para que os motoristas possam respeitar as regras e conviver em harmonia com o trânsito de Santa Rita.”

As faixas elevadas, que muitas vezes é confundida com quebra-molas, atendem às especificações do órgão nacional, que estabelece, entre outros itens, a largura mínima de quatro metros e a altura igual à da calçada, desde que não ultrapasse os 15 cm. Todas as faixas foram sinalizadas nos sentidos horizontal e vertical, com pinturas e placas. Os quebra-molas que estavam fora dos padrões foram removidos.

Compartilhar

Notícias Relacionadas